Quando a ciência e a medicina se unem para combater males como o câncer, a espera por um resultado contundente pode ser muito longa. Mas, às vezes, as vitorias surgem. Como recentemente, com a criação de um remédio capaz de combater a metástase.

Um grupo de pesquisadores da Universidade e do hospital Universitário da Basileia; composto por biólogos moleculares, computacionais e clínicos.

Os resultados da pesquisa foram publicados na edição da revista cientifica Cell. No qual avaliaram 2486 compostos; todos aprovados pela (FDA) Administração de drogas e alimentos do EUA.

Ao final da análise, a equipe encontrou uma série de inibidores; com a capacidade de dissociar e combater os grupos de Células Tumorais Circulantes (CTC) que executam a metástase.

Segundo o autor principal da pesquisa e membro do Departamento de Biomedicina da Universidade da Basileia, Nicola Aceto, a equipe pensou identificar medicamentos que não matem células cancerosas, que simplesmente as dissociem.

Dissociar as CTCs era a estratégia chave, e, com isso, poderia tratar o câncer de maneira mais efetiva.

 

(Fonte: Metro Jornal)