Motivos e tipos de Protesto

Fonte de reprodução: Getty imagens

Você precisará de uma ampla coalizão de muitas pessoas diferentes para apoiar seu protesto, se quiser que ele crie mudanças. Frequentemente, os protestos ocorrem quando as políticas governamentais são inconsistentes com as necessidades dos cidadãos. Isso pode levar a pedidos urgentes de mudança e uma forma de fazer essa mudança é por meio de protestos. No entanto, é crucial que os movimentos de protesto não cometam os mesmos erros que os governos. Eles devem amplificar as vozes dos marginalizados e desprivilegiados. Isso envolve certificar-se de incluir uma ampla gama de vozes e não apenas ouvir as preocupações e soluções das primeiras pessoas a se juntarem a um protesto.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Um protesto só pode trazer mudanças valiosas nas políticas quando é bem planejado, focado e as demandas são claras. Os manifestantes devem expressar seu descontentamento e apresentar construtivamente suas demandas como uma só voz. Os líderes pró-ativos devem envolver todos os manifestantes em um diálogo e encontrar demandas comuns para atender às suas necessidades. Dessa forma, um protesto pode espelhar a maneira como o público em geral se sente sobre uma determinada política.

Use as redes sociais, onde um clique faz a diferença

Você deve aproveitar a mídia social para obter os benefícios dos protestos. A mídia social mudou e está continuamente mudando nossas vidas. Durante os terremotos no Nepal ou os ataques terroristas em Christchurch e Paris, nossos amigos puderam se declarar “seguros”. Essas pequenas ações criaram um senso único de unidade global, que devemos construir quando se trata de protestos. Criar uma campanha, um novo grupo ou até mesmo propor uma nova sobreposição para sua foto de perfil estão acontecendo hoje. Essas campanhas podem se tornar virais e são um ótimo mecanismo para criar impulso para suas demandas de mudança.

É claro que nossas ações nas redes sociais podem levar a mudanças positivas. Os movimentos de protesto devem ter tempo para criar estruturas e mecanismos, para ajudar a transformar o momento em mudanças positivas reais de uma maneira inclusiva, transparente e eficiente. 

Crie grupos de trabalho inclusivos

Você deve criar estruturas para os participantes do protesto que trabalham juntos para abordar problemas e criar soluções inclusivas. Os movimentos de protesto são frequentemente rejeitados pelos governos ao implantar desculpas do tipo ‘suas demandas não são claras’ ou ‘eles não têm soluções’, como aconteceu com os protestos do Ocupe Wall Street. Uma forma de garantir que os movimentos de protesto sejam capazes de se unir em prol de soluções é formando ‘grupos de trabalho’. Esses grupos reúnem as preocupações dos manifestantes, sentam-se para analisar as respostas e, em seguida, desenvolvem demandas e soluções específicas que representam o que os manifestantes desejam. 

Isso requer a profissionalização de um movimento de protesto e criará uma dependência de pessoas de profissões como direito, organização comunitária e economia, mas deve estar aberto para a adesão de qualquer manifestante. Isso permitiria aos movimentos de protesto captar opiniões variadas que enriquecem as soluções específicas que estão sendo preparadas. 

Fonte de reprodução: Getty imagens

Profissionalize seu alcance à mídia

Você precisa profissionalizar sua abordagem para comunicar o protesto internacionalmente. As notícias em tempo real colocam os eventos em primeiro plano na velocidade da luz, mas os substituem com a mesma rapidez. Em 2020, o mundo viu muitos protestos enfrentados com violência, por exemplo, quando milícias norte-americanas policiaram as ruas em resposta aos protestos Black Lives Matter ou quando a polícia conduziu atos violentos contra manifestantes na Bielo-Rússia. Vimos esses eventos porque os próprios manifestantes forneceram vídeos da violência, mas eles rapidamente desapareceram do cenário mundial da atenção da mídia.

Por meio da documentação meticulosa de protestos, altercações e violações dos direitos humanos – aproveitando o poder da mídia social para continuar a informar um público global – os manifestantes podem inspirar indignação pública, apoio e, em última instância, mudanças políticas, uma vez que sua voz não pode mais ser ignorada.

Para manter a atenção da mídia e superar o ciclo de notícias de 24 horas, os manifestantes precisam desenvolver uma abordagem profissional para documentar protestos para aumentar suas vozes internacionalmente. Esse relatório deve ser honesto e imparcial, aproveitando as lições das técnicas de organizações de direitos humanos para manter a atenção do público.

Fonte de reprodução: Getty imagens

Conecte-se com ativistas sociais de todo o mundo

Você deve se envolver com ativistas sociais em outros países que também estão lutando por mudanças. Os recursos tecnológicos de hoje demonstram como os espaços virtuais são eficazes para se conectar e trabalhar juntos, algo que a plataforma demonstrou. Engajar-se com redes internacionais compostas por ativistas sociais que podem apoiar seus movimentos e fornecer a você um espaço para compartilhar suas experiências pode ser muito vantajoso para sua causa.

Fonte: https://www.r7.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *