O que realmente significa ‘higiene feminina’?

Na idade de hoje, muitas mulheres continuam a equilibrar sua vida profissional com as responsabilidades domésticas. A higiene feminina é uma dessas necessidades muitas vezes negligenciadas ao acompanhar seu estilo de vida agitado.

Muitas mulheres ainda têm vergonha de falar sobre seu regime de cuidados pessoais. Uma má higiene pessoal pode ser uma das razões por trás de infecções de pele e problemas estomacais. É por isso que a higiene pessoal deve estar no topo para se manter saudável. Quer saber mais sobre os cuidados femininos, acesse https://todavoce.com.br/

Os órgãos genitais são uma região íntima. Desempenha um papel essencial na saúde da mulher e a sua higiene ajuda a salvaguardar estas partes do corpo. Não só as mulheres adultas, mas também os adolescentes devem saber a importância da higiene pessoal. É essencial saber sobre isso desde o início de sua menstruação. A menstruação pode levar ao crescimento de bactérias em sua genitália se não limpar adequadamente. A higiene pessoal também é essencial para se manter saudável, evitando problemas vaginais como corrimento vaginal anormal, secura vaginal, odor não natural, infecções vaginais e doenças fatais a longo prazo, incluindo câncer cervical ou ovariano.

Aqui estão algumas dicas de cuidados essenciais para que as mulheres tomem medidas preventivas e mantenham os cuidados íntimos saudáveis.

1: Banho normal 

O banho regular é essencial para todos. O hábito de pular banhos pode levar a várias infecções de pele, como pele seca e infecções fúngicas. Limpar suas partes íntimas é tão necessário quanto tomar banho regularmente.

Em que consiste uma rotina típica?

Assim como a higiene bucal envolve mais do que apenas uma coisa, a higiene vulvar/vaginal também!

Alimentando

Realmente tudo começa com a comida !

“Todo o nosso corpo precisa de uma ampla gama de nutrientes para funcionar de maneira ideal”, diz Gersh. “Então, o que comemos e bebemos afeta nossa vulva e vagina da mesma forma que o que comemos e bebemos afeta todas as partes do nosso corpo.”

Para manter a saúde vulvar e vaginal ideal, ela recomenda uma dieta rica em:

  • antioxidantes
  • vitamina E
  • vitamina C
  • Ácidos gordurosos de omega-3
  • ácidos graxos ômega-6
  • proteína
  • probióticos

Limpeza

Provavelmente, limpar seus bits é um processo muito menos ~envolvido~ do que você imagina.

No banho

A vagina é uma máquina autolimpante.

Se você já viu corrimento em sua calcinha – supondo que não tenha um novo odor ou coloração – isso é evidência de que sua vagina está funcionando perfeitamente.

A vulva, por outro lado, não é autolimpante.

“A vulva é pele, e é uma pele que precisa ser lavada como qualquer outra pele do corpo”, explica Lauren F. Streicher , MD, professora clínica de obstetrícia e ginecologia e autora de “Sex Rx: Hormônios, Saúde e Seu Melhor Sexo de Sempre .”

“Um sabonete suave e sem perfume com água e os dedos no chuveiro são mais do que suficientes”, diz ela.

Depois de ir ao banheiro

“A coisa mais importante a ter em mente ao limpar [depois de fazer cocô e xixi] é que você deseja limpar seu ânus e vagina separadamente”, diz Streicher.

Ou seja, limpe uma área, descarte o papel usado. Em seguida, limpe a outra área.

A razão? “Você não quer contaminar a uretra com nada do reto, porque aumenta o risco de infecção do trato urinário ”, diz ela.

E se você limpar cada área separadamente, isso não é problema.

Apenas fazendo xixi? Certifique-se de limpar da frente para trás, sempre.

Depois do sexo

Simples: xixi!

Fazer xixi limpa qualquer bactéria que possa ter migrado para a uretra durante o jogo, o que pode ajudar a reduzir o risco de infecção do trato urinário, explica Gersh.

“Você também pode fazer um pouco de água na vulva com o dedo, mas não faça nenhuma lavagem ou esfrega interna”, diz ela.

2: Garanta a limpeza adequada

Apesar do banho diário, é necessário limpar as partes íntimas regularmente com água. No entanto, os cuidados não devem se limitar a lavar apenas durante o banho. As mulheres devem lavar suas áreas íntimas 2-3 vezes, especialmente durante as monções e ciclos menstruais para manter as infecções afastadas. Além disso, evite usar produtos de limpeza fortes ou produtos perfumados para limpar suas partes íntimas, pois os produtos químicos presentes nesses produtos podem causar infecções graves.

3: Limpe corretamente

Você deve tomar cuidado extra com sua área vaginal ao longo do dia. Depois de urinar e tomar banho, você deve limpar sua área vaginal da região anal em direção à vagina. Isso ajudará a prevenir infecções urinárias. Você também deve fazer o mesmo depois de ter tido relações sexuais para limpar os fluidos vaginais. Além disso, certifique-se de lavar as mãos com sabão depois de limpar suas partes íntimas.

4: Higiene durante a menstruação 

A duração mais irritante para uma mulher é durante os períodos. Toda mulher quer se sentir limpa, confortável e sem cheiro nessa época do mês. Portanto, você deve trocar seus absorventes higiênicos, tampões e calcinhas com frequência para se confortar. Se você usar os coletores menstruais, certifique-se de esterilizá-los antes e depois de usá-los. Quer saber mais sobre a higiene intima feminina, acesse https://todavoce.com.br/

Fonte de Reprodução: Getty Imagem

5: Não use sabão 

O sabonete tem mais Ph que a pele vaginal que é muito sensível. Certifique-se sempre de equilibrar o Ph para evitar secura e dor na vagina.

6: Lave com ingredientes naturais 

Produtos químicos artificiais tornam a vagina mais propensa a ser infectada. No entanto, substâncias químicas naturais, como o ácido lático, ajudam a manter o equilíbrio do Ph e ajudam a restaurar a suavidade da área vaginal. O óleo essencial natural, como o óleo da árvore do chá, mantém sua saúde vaginal suave e macia.

7: Escolha as roupas certas

É melhor usar panos soltos e de algodão que permitam o fluxo de ar. Roupas apertadas geram um ambiente úmido e quente dentro do corpo que leva à infecção por fungos. Certifique-se de trocar suas roupas e roupas íntimas, pois elas podem ficar suadas após um esporte ou atividade física.

8: Tenha cuidado ao usar banheiros públicos 

Não importa quão bom você seja em segurar sua urina, você pode ter que usar banheiros públicos às vezes. Você corre maior risco de contrair a infecção se estiver usando banheiros públicos com frequência. Portanto, deve-se sempre ser cauteloso ao usá-los. Existem desinfetantes pequenos e portáteis disponíveis para as mulheres usarem em banheiros públicos para evitar infecções.

9: Check-up regular no hospital 

O check-up de rotina com seu ginecologista é necessário para manter a saúde. Poucos exames específicos devem ser feitos anualmente uma vez, como exame pélvico, mamografia e Papanicolau.

10: Tome vacinas 

Injeções regulares de vacinas para mulheres podem proteger as mulheres contra o HPV, o vírus responsável pelo câncer do colo do útero. A vacinação também reduz o risco de hepatite B, uma infecção grave do fígado que se espalha através do contato sexual.

A higiene feminina é uma necessidade para manter a saúde geral. Sempre mantenha sua saúde em prioridade e faça exames regulares. Tenha em mente essas dicas para garantir um estilo de vida e rotina saudáveis.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Sa%C3%BAde_das_mulheres

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.