Inverno exige cuidados redobrados para pacientes de câncer

Posted by Redação on 6 de agosto de 2019

0
Category: Saúde
Com o frio intenso, os cuidados com pessoas doentes precisam ficar redobrado, principalmente aqueles pacientes que tem câncer. Os tratamentos de radioterapia e quimioterapia podem alterar a sensibilidade dos pacientes e acabar deixando-os mais vulneráveis. Um dos principais motivos de preocupação com os pacientes oncológicos nessa época do ano são as infecções respiratórias. Saiba mais na entrevista com Guilherme Stelko Pereira, que é oncologista clínico do Centro de Oncologia do Paraná. Fonte
Todos os países do mundo estão preocupados com a incidência de tumores malignos, seu impacto na saúde da população e os gastos no tratamento Somente em 2019, o Ministério da Saúde e o Instituto Nacional de Câncer (Inca) estimam que mais de 600 mil pessoas serão diagnosticadas com câncer em algum órgão do corpo (taxa estimada de mais de 160 novos casos por 100 mil habitantes por ano), e que mais 240 mil brasileiros morrerão
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) acaba de aprovar um novo tratamento para pacientes com câncer de mama do tipo HER2-positivo em estágio inicial que apresentam doença residual invasiva mesmo depois de ter passado por terapia medicamentosa prévia à cirurgia. O medicamento injetável chamado T-DM1, produzido pela Roche, reduziu em 50% o risco de recorrência do câncer ou morte nessas pacientes, de acordo com os dados do estudo Katherine, publicados em dezembro no New England
Nova pesquisa sugere que o consumo diário de bebidas açucaradas aumenta o risco de câncer em até 18%. Uma nova pesquisa é um banho de água fria para aqueles que amam uma bebida bem doce. Um novo estudo publicado nesta semana no jornal científico BMJ relacionou o consumo de refrigerantes, sucos artificiais e até sucos naturais ao aumento do risco de desenvolver câncer, sobretudo o de mama.  Segundo o estudo, beber um copo de 100 ml destas bebidas
Iniciativa é do curso de fisioterapia da Unifap. Interessadas podem procurar o Laboratório de Hidroterapia da instituição. Exercícios supervisionados após a cirurgia do câncer de mama, principalmente em casos de cirurgia de remoção completa da mama, são aliados na reabilitação da mulher. Pensando nisso, o curso de fisioterapia da Universidade Federal do Amapá(Unifap) divulgou a oferta de tratamento gratuito. Qualquer pessoa pode buscar pelo auxílio. A iniciativa faz parte de um projeto de pesquisa do curso